Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia mais

MÉTODO PRÁTICO PARA VIOLINO - Volume 3 - Nicolas Laoureux

As cinco posições e seu emprego - Edição em Português
R$ 47,99

Disponibilidade: Em estoque

Código: CN0026

Editora: Ricordi

Idioma: Português

Autor/Artista: Nicolas Laoureux

Instrumento: Violino

Formato: Livro Físico / Partituras / 60 páginas

Edição em português de um dos livros mais utilizados no ensino básico do Violino. Uma obra clássica, que pelas suas qualidades - clareza, cuidados com a postura, graduação dos exercícios - vem atendendo a sucessivas gerações de estudantes. A obra foi traduzida, adaptada e teve seu design completamente refeito para atender as exigências dos novos tempos.

Ricordi

Livro 3 - As Posições

Geralmente os métodos de violino passam da primeira posição para a segunda, da segunda para a terceira e assim sucessivamente, em ordem numérica.

Contudo, passar da primeira posição diretamente para a terceira parece ser mais simples e mais fácil. Mais tarde, o aluno encontrará a segunda posição entre a primeira e a terceira. Além disso, com essa maneira de proceder, pode-se começar simultaneamente o importante estudo das mudanças de posição. No princípio pode parecer difícil aprender o dedilhado das posições, contudo, é apenas uma questão de memorizar os números.

Tomemos um aluno que já conheça as posições e damos a ele uma passsagem ligada, de média velocidade, que passe de uma posição a outra; a dificuldade que ele encontrará em tocá-la será justamente na passagem de uma para outra, o que chamamos mudança de posição.

É absolutamente indispensável evitar essa dificuldade por meio de numerosos exercícios de mudança de posição. É importante, para poder mudar facilmente, que o aluno mantenha a palma da mão afastada do braço do instrumento e, principalmente, que evite apoiar a mão contra a borda do violino ao atingir a terceira posição. Cuidar também de não curvar o polegar ao redor da base do braço. Isso causaria um deslocamento da posição da mão e, mais tarde, atrapalharia muito a mudança da tarceira para a quinta posição.