Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência. Leia mais

RITMO EM MELODIA - PARA BATERISTAS - Eddie Cameron - Edni Devay - 2ª EDIÇÃO

Baião - Ijexá - Samba - Insight Brazilian Rhythm
R$ 79,99

Disponibilidade: Em estoque

Código: EDF95037

Editora: Independente

Idioma: Português

Autor/Artista: Eddie Cameron - Edni Devay

Instrumento: Bateria

Formato: Livro Físico / Partituras / 154 páginas

UPC: 9788565095037

Apresento uma combinação entre a aplicação dos rudimentos mais famosos, os paradiddles − executados em compassos compostos através das mãos − e a utilização de compassos binários, em ritmo de samba, ijexá e baião − executados com os pés − resultando nos compassos cruzados, criando, desta forma, uma sensação rítmica inusitada e não previsível. Através dos acentos e divisões da parte superior podem ser criadas variações melódicas livres de regras, pois as acentuações e as divisões que vão ser feitas nos paraddiddles permitem infinitas descobertas melódicas.

Este método surgiu da necessidade de registrar um momento de inspiração que remete à história do tambor.

Apresento uma combinação entre a aplicação os rudimentos mais famosos, os paradiddles − executados em compassos compostos através das mãos − e a utilização de compassos binários, em ritmo de samba, ijexá e baião − executados com os pés − resulta nos compassos cruzados, criando, desta forma, uma sensação rítmica inusitada e não previsível. Através dos acentos e divisões da parte superior podem ser criadas variações melódicas livres de regras, pois as acentuações e as divisões que vão ser feitas nos paraddiddles permitem infinitas descobertas melódicas.

Iniciamos aqui a apresentação do conceito de “Ritmo em Melodia”, este é um assunto um tanto quanto profundo e que sua continuidade se faz necessária. Neste livro, não vamos praticar o samba, o ijexá e o baião nas suas formas tradicionais. Para não haver dúvidas, estes três estilos aqui servem como referência e base rítmica para a execução das “melodias” criadas através das combinações dos acentos e dos rudimentos aplicados.

Consideramos como partes componentes da bateria, neste livro, o bumbo, o ton, o surdo, a caixa, os pratos e o cowbell. É importante saber que as notas das peças são fixas e as combinações entre elas é que irão compor a melodia final. Vale ressaltar que a música é feita de várias partes e que a junção destas partes resulta em uma unidade musical. A bateria também é feita de partes e, através da sua junção se compõe uma unidade rítmica. Para isso, utilizamos os quatro fundamentos: as divisões, as acentuações, a coordenação e a independência.