Organistas, Organeiros e Órgãos - Dorotea Kerr

Crônicas Sobre a História da Música no Brasil
R$ 47,99 R$ 35,99

Disponibilidade: Em estoque

Código: EMP00990

Editora: Empório do Livro

Idioma: Português

Autor/Artista: Dorotea Kerr

Formato: Livro / Literatura / 278 páginas

UPC: 9788539300990

Após ter acesso a um documento datado de 1552, em que o bispo Dom Pedro Fernandes Sardinha solicitava que o rei de Portugal não se esquecesse de enviar novos órgãos para a colônia, a musicista Dorotéa Kerr se envolveu definitivamente no estudo do instrumento. Ela, que é organista de igreja e de recitais, pesquisa o tema e já realizou coletâneas de partituras, documentos e entrevistas com compositores que acabaram resultando em trabalhos sobre a história do órgão no Brasil.Agora a autora utiliza este conhecimento acumulado para discorrer, ao longo de 33 crônicas, sobre o assunto. Ela divide sua obra em três momentos: organistas, compositores e construtores. Dorotéa Kerr reflete como a atividade organista costuma estar à margem da produção musical e aponta para a desvalorização da arte de preservação e manutenção dos órgãos. Neste livro, que mistura relatos com pesquisa documental, a autora realiza um registro da prática organista e de um lado pouco conhecido da história musical do país.


Editora Unesp

Após ter acesso a um documento datado de 1552, em que o bispo Dom Pedro Fernandes Sardinha solicitava que o rei de Portugal não se esquecesse de enviar novos órgãos para a colônia, a musicista Dorotéa Kerr se envolveu definitivamente no estudo do instrumento. Ela, que é organista de igreja e de recitais, pesquisa o tema e já realizou coletâneas de partituras, documentos e entrevistas com compositores que acabaram resultando em trabalhos sobre a história do órgão no Brasil.Agora a autora utiliza este conhecimento acumulado para discorrer, ao longo de 33 crônicas, sobre o assunto. Ela divide sua obra em três momentos: organistas, compositores e construtores. Dorotéa Kerr reflete como a atividade organista costuma estar à margem da produção musical e aponta para a desvalorização da arte de preservação e manutenção dos órgãos. Neste livro, que mistura relatos com pesquisa documental, a autora realiza um registro da prática organista e de um lado pouco conhecido da história musical do país.