ESTUDO RÍTMICO SOBRE COLTRANE - Fernando Corrêa

R$ 36,99

Disponibilidade: Em estoque

Código: FC633076

Editora: Independente

Idioma: Português

Autor/Artista: Fernando Corrêa

Instrumento: Guitarra - Todos (E - Eb - Bb - F)

Formato: Livro / CD - Partitura - 35 páginas

Fernando Corrêa apresenta nesta obra um belo e complexo estudo sobre John Coltrane.  Utilizando-se dos 3 primeiros Chorus do tema Giant Steps, o autor desenvolve um trabalho de pesquisa baseado nas geniais linhas melódicas desta composição. O intuito é desenvolver a lineariade rítmica e domínio sobre suas variações, através das alterações das quiálteras de 5, 6 e 7. As partituras estão disponíveis para instrumentos em C, Bb, Eb e F, e a gravação do estudo é feita na guitarra acústica.

ACOMPANHA CD


Editora Som

PREFÁCIO

Estava eu no ano de 2001, concluindo o meu disco Fernando Corrêa. Já tinham sido gravadas nove músicas. Tive a sensação, porém, que o disca estava incompleto e precisava de mais uma composição.

Depois de muito refletir, cheguei à conclusão de que a música para completar o disco seria um estudo, composto no ano de 1993.

Nesse ano, eu preparava o meu recital de formatura na Universidade de Música de Graz, na Áustria, e dentre as músicas do programa, tinha que haver um estudo. Na época eu me impunha um plano de prática, dentro outros, que consistia em tocar frases longas e com linearidade rítmica (16 colcheias seguidas, por exemplo), com grupos de quiálteras diferentes, quiálteras de 5, de 6 e de 7. Deixava o metrônomo pulsando nos tempos 2 e 4 e praticava com colcheias. Então, ao invés de elevar a velocidade do metrônomo, eu aumentava a quantidade de notas por tempo com a utilização das quiálteras.

Decidi, então, compor um estudo nesse sentido, usando como referência os 3 primeiros "chorus" de John Coltrane na sua composição "Giant steps", gravada no ano de 1959, no álbum Giant steps.

Alguns trechos melódicos foram escolhidos para sofrerem alterações de quiálteras, aqueles com várias colcheias seguidas.

Na primeira vez, a melodia é tocada com colcheias normais, na 1ª variação os trechos escolhidos não têm alterações de quiálteras de 5 notas, na 2ª variação os mesmos trechos sofrem alterações de quiálteras de 6 notas, o mesmo ocorrendo na 3ª variação, onde as melodias selecionadas são tocadas com quiálteras de 7 notas. Tudo isso ocorre com o metrônomo pulsando constantemente nos tempos 2 e 4.

Com a utilização das quiálteras, adquire-se uma sensação de uma nova pulsação. É aí que o violão que faz o acompanhamento se acomoda no novo (e falso) "beat".

A soma das variações com quiálteras e o metrônomo pulsando constantemente nos tempos 2 e 4, proporciona uma lenta sensação de desconforto ao ouvinte.

Para a minha surpresa, esta composição, que foi a última a ser escolhida para fazer parte do disco, foi justamente a que causou maior impacto e que despertou a curiosidade das pessoas eu ouviram o álbum FERNANDO CORRÊA (2002).

Esta curiosidade e o retorno positivo dos ouvintes e alunos me motivaram a editar esta partitura.

Espero que as pessoas que adquirirem este livro se divirtam o tanto quanto eu, ao compor e ao tocar este estudo, tendo como inspiração e referência as geniais linhas melódicas do mestre John Coltrane.

Fernando Corrêa