INTERPRETAÇÃO MELÓDICA PARA BATERIA - Carlos Ezequiel

Economize 20% na promoção Volta às Aulas!
De: R$ 49,99
por apenas: R$ 39,99
APROVEITE!

Disponibilidade: Em estoque

Código: SL-CE

Editora: Souza Lima

Idioma: Português

Autor/Artista: Carlos Ezequiel

Instrumento: Bateria

Este livro traz a adaptação sistemática para a bateria,  de conceitos típicos de instrumentos melódicos. Execução melódica, associação de timbres, dinâmica, duração, articulação, desenvolvimento melódico e entre outros, são abordados de forma a ultrapassar os limites da rítmica e propor uma nova visão melódica para a bateria.  


ACOMPANHA CD


Acompanha CD
38 Páginas
Editora: Souza Lima

Sinopse Original:

A bateria é um instrumento que lida apenas com ritmo, por isso  muitas vezes é  difícil construir frases ou executar idéias que soem interessantes, e que tenham um sentido musical. A adaptação sistemática para a bateria, de conceitos típicos de instrumentos melódicos, é relativamente recente, mas tem sido cada vez mais aperfeiçoada por bateristas de todo o mundo. Estes conceitos são úteis a todo baterista, independente do estilo musical em que atua, e podem abrir portas rumo a criação de uma identidade musical própria, tão perseguida pelos músicos em geral.

Conteúdo:

PARTE I- TÓPICOS APLICADOS

Execução Melódica / Associação de timbres /Dinâmica natural da melodia/ Relação (duração / timbre) / Articulação / Deslocamento rítmico / Síncope / Acentuação/ Desenvolvimento melódico: (variação/ adição / preparação)

PARTE II - MÚSICAS

Cadê os Caras / Pour House / Music to Go

Sobre o Autor:

Em março de 2001, Carlos foi indicado ao Prêmio Visa de Melhor Instrumentista. Como sideman, já atuou com os americanos Kurt Rosenwinkel, Howard Levy e David Liebman em suas passagens pelo Brasil, e se apresenta também ao lado de artistas brasileiros como o contrabaixista Sizão Machado, o trompetista Dan­iel D'Alcântara, os guitarristas Nelson Faria e Pollaco, e o saxofonista Marcelo Coelho. Também faz parte do time de professores da Faculdade Souza Lima, e foi supervisor musical da revista Batera & Percussão de 2002 a 2007.